23 de abr de 2008

Idec e Pro Teste pedem explicações


Duas entidades de defesa do consumidor no Brasil, a ProTeste e o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), querem explicações sobre as sandálias coloridas Crocs, febre ao redor do mundo. O pedido ocorre um dia depois de o governo do Japão pedir que empresa americana fabricante dos tamancos melhore o design do produto.

Pelo menos 65 acidentes foram registrados no Japão por causa da sandália --no geral, crianças que usavam o tamanco prenderem o pé em escadas rolantes. O alerta feito pelo governo japonês também vale para os fabricantes de modelos que imitam ou para empresas que têm produtos similares às sandálias Crocs.

"Apesar de não termos registrado qualquer acidente no Brasil, entendemos que os acidentes no Japão mostram que há perigo para o consumidor brasileiro. Por isso, pedimos ao DPDC [Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça] que entre em contato com a empresa para pedir um recall ou mais esclarecimentos sobre o uso adequado", explicou Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Pro Teste. [...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oba! Que bom que esteve por aqui dando uma especulada no meu cantinho. Esteja à vontade e volte sempre.
Só não serão publicados comentários anônimos.
Beijos!

BlogBlogs.Com.Br