30 de abr de 2008

Austríaco diz que prendeu filha para livrá-la das drogas

loko

Homem admitiu que cometeu incesto com a filha.
Filhos que teve com a própria filha foram adotados pelo homem.

A Áustria se questiona como um homem conseguiu esconder durante 24 anos a filha, hoje com 42 anos, em um porão de sua casa em Amstetten (leste do país), onde confessou ter engravidado a vítima seis vezes (com sete filhos), sem que a esposa, os vizinhos nem as autoridades desconfiassem de nada.

O suspeito, o engenheiro elétrico Josef Fritz, de 73 anos, confessou nesta segunda-feira (28) em um interrogatório todas as acusações, depois de ter sido detido no sábado passado (26).

Depois de reconhecer que havia construído um calabouço em um de seus porões da casa de dois andares e trancado em seu interior a filha e três filhos dela, "admitiu as acusações de incesto, mas insistiu que não houve violência", afirmou o porta-voz da promotoria de Sankt-Polten, Gerhard Sedlacek, responsável pela investigação.

"Ele admitiu ser o pai de sete filhos que a filha teve, um deles morto prematuramente", disse Sedlacek.

O interrogatório a Fritzl, que será levado ante um juiz, ainda vai durar vários dias.[...]

Olha a cara do cidadão, cara de psicopata. E até parece que a esposa dele não sabia de nada né? tá bom viu e papai noel existe, só idiota pra acreditar nisso. Ela foi cúmplice dele.

Coitada dessa mulher que ficou 24 anos presa sem poder ver a rua e sendo explorada sexualmente por um verme nojento como esse, que nojoooooo...e ainda tem 6 filhos com ele, ela nunca mais será uma pessoa normal, vai ter sérios problemas por conta disso...meu Deus o mundo está mais do que perdido.

Um comentário:

  1. Mas ese bicho tem uma cara e louco que não tem tamanho.

    ResponderExcluir

Oba! Que bom que esteve por aqui dando uma especulada no meu cantinho. Esteja à vontade e volte sempre.
Só não serão publicados comentários anônimos.
Beijos!

BlogBlogs.Com.Br